segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Sinto-me orgulhosa de poder dizer "estamos iguais desde o primeiro dia". Espera, enganei-me, "estamos melhores", estamos mais cúmplices, unidos, envolvidos um no outro. Sim, passaram 4 anos e meio e eu sinto-me ainda melhor contigo. Vemos os nossos amigos juntos, depois separados, depois com outros namorados, e nós permanecemos. Unidos, continuamos como sempre. Isto é amor, é amor que tem paixão, tem alegria, união, emoção,... E poderia estar aqui tempos infinitos a dizer tudo o que temos, juntos. Mas prefiro reger-me ao dia de hoje. Espero por ti, ansiosa, porque hoje só me apetece o quentinho do teu abraço e o conforto do teu peito para vermos um filme, enrolados no cobertor que está no sofá. Sim, é dia de mimos mais uma vez. É aquele dia em que nada te substitui, só tu. Só a ti quero abraçar por muito tempo. Só das tuas carícias sinto falta. Não lhe chamo saudades. Apenas o teu cantinho à minha beira hoje está vazio. E já sinto falta. Já te quero mais uma vez. Como anteontem. Como ontem. Como tem sido sempre, desde o primeiro dia em que te rendeste a mim. Anda pequeno! Anda para a minha beira.

2 comentários:

Gabriela. disse...

tão lindo! espero que continuem assim!
muitas felicidades*

Mariana disse...

Tão cheio de amor e carinho e ternura. Lê-se amor em todas as palavras. Como costumo dizer há pessoas que nasceram para ser nossas... Esta saudade que falas é das melhores sensações que podemos sentir. Querer o aconchego de alguém que está para chegar. Gostar de alguém que nos abraça por completo. Adorei!!

Um beijinho, Mariana